São José do Rio Claro (MT), 31 de julho de 2021 - 23:21

? ºC São José do Rio Claro - MT

Diamantino

21/09/2015 09:09

Pedágio em Diamantino começa a ser cobrado dia 27 de setembro

A arrecadação de pedágio na praça em Diamantino, no km 579 da BR-364, começa a ser cobrado à meia-noite do dia 27 de setembro. A concessionária Rota do Oeste recebeu autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para iniciar a cobrança. Nas demais oito praças o pedágio é cobrado desde o dia 06 de setembro. Em Diamantino o valor da tarifa será de R$ 4,10 por eixo.

A autorização da ANTT para o início da cobrança do pedágio na praça de Diamantino foi publicada no Diário Oficial da União, que circulou no dia 17 de setembro.

A Rota do Oeste revela que desde então realiza uma operação simulada de cobrança, sem a necessidade de pagamento, assim como fez nas praças de Itiquira, Rondonópolis, Campo Verde, Santo Antônio do Leverger, Jangada, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde e Sorriso. O diretor de Operações da Rota do Oeste, Fábio Abritta, alerta os motoristas para o limite de velocidade de 40km/h e a sinalização nas praças de pedágio para evitar acidentes. “É necessário redobrar a atenção, mantendo distância segura do veículo à frente”.

Conforme publicação da ANTT no Diário Oficial da União, que circulou no dia 27 de agosto, o valor definido, com reajustes e reequilíbrios, será de R$ 4,50 por eixo a cada 100 quilômetros rodados. Para automóveis, caminhonete e furgão a tarifa irá variar entre R$ 3,30 e R$ 6,10 dependendo do trecho. Já para veículos com seis eixos, como caminhões, entre R$ 19,80 e R$ 36,60.

A Rota do Oeste explica que a ANTT revisou o valor da tarifa com base na correção da inflação, o impacto causado pela Lei dos Caminhoneiros, que prevê a isenção de eixos suspensos de caminhões descarregados, bem como devido à determinação de novos investimentos a serem realizados, como a recuperação e manutenção do trecho de 108 km de Várzea Grande a Rosário Oeste, cujas obras passaram a ser de responsabilidade da Concessionária.

Desde o início da concessão da BR-163/364/070 a Rota do Oeste já investiu R$ 1 bilhão em obras.

Por: Olhar Direto / Viviane Petroli


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo