São José do Rio Claro (MT), 08 de julho de 2020 - 10:00

? ºC São José do Rio Claro - MT

São José do Rio Claro

01/06/2020 12:32

Associação dos Beneficiários da MT-010 projetam recuperação viária

POR: LUCIANE CARVALHO | FOTOS: MARCELO FURMIGA

O Chefe do Executivo Municipal, Valdomiro Lachovicz, recebeu na tarde de quarta-feira (27) os integrantes da Associação dos Beneficiários da Rodovia MT-010 (ABR/MT-010). O encontro ocorreu, inicialmente, no Paço de São José do Rio Claro (320 km da capital), quando foram apresentados os demonstrativos mapeados e operacionalização. Em seguida, o grupo percorreu e catalogou a rota, traçando pontos estratégicos de recuperação viária entre o município e a cidade de Tapurah, passando sobre a ponte do Rio Arinos.

A integração intersetorial é composta por membros dos Poderes Executivo e Legislativo, produtores rurais e empresários de São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Tapurah, os quais articulam a estruturação com o Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT).

A via, de aproximadamente 90 quilômetros sem pavimentação, é um importante eixo para escoamento de safras e de acesso a assentamentos, como o Pontal do Marape, que divisa os acesso intermunicipal. A implementação futura de pedágio será pertinente para as diretrizes sustentáveis de conservação dessa MT.

Segundo o prefeito rio-clarense, o município deverá arcar com o desenho do planejamento em um trecho de 33 quilômetros, dividido em três etapas de 11 quilômetros de projeto, com custo aproximado R$ 9.000,00 por Km projetado. O memorial descritivo e outras planilhas serão entregues à gestão estadual, a qual manifestou previamente sobre o financiamento de propostas para a construção asfáltica de rodovias não pavimentadas.

“Esse é um sonho antigo prestes a se concretizar. Entendemos que a integração intermunicipal de setores variados será um diferencial nessa proposta, pois não admitiremos politicagem por ser esse um trabalho coletivo que beneficiará os quatro municípios – São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Tapurah. Da nossa parte associativa, vamos ceder o projeto, que inclui o traçado dos pontos para a futura execução pelo Estado. Estou imensamente feliz por fazer parte dessa empreitada para melhorar o escoamento das safras e o fluxo da economia”, exulta.

De acordo com o presidente da Associação, Regis Adriano Desord Porazzi, a intervenção colaborativa dos municípios envolvidos poderá elucidar no empenho da proposição com mais eficácia ao Estado, cuja a interlocução direta das reivindicações e curadoria do patrocínio da obra será de responsabilidade da entidade.

“Temos o apoio dos produtores rurais e empresários, inclusive de assentados, envolvidos no projeto. A manutenção rodoviária discorrerá da parceria entre municípios, associados e sociedade, que apresentarão as demandas ao Estado, haja vista que seja de interesse público. Acreditamos que esse projeto será um divisor de águas em nossa região e que a tão sonhada pavimentação da MT-010 poderá ser uma realidade próxima”, ressalta.

Conforme o secretário da Associação, Zaid Ahmad Haidar Airbid, a propositura foi amplamente discutida, considerando a fragmentação dos trechos para execução de frentes de trabalho e viabilidade de dotação orçamentária, posto que seja preponderante dispor de contrapartidas para a efetivação da Parceria Público-Privada (PPP) com o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), poderes administrativos, produtores, empresários e demais colaboradores.

“Tracejamos a estruturação viária setorizada por região, considerando os custos do projeto de recuperação. Portanto, vamos por etapas, burocráticas e de campo, em sincronia com os anseios intersetoriais. Percorremos a via e, depois dessa revisão in loco, vamos levar esse projeto mais concretamente elaborado para homologação na Secretaria de Obras, o que é um grande avanço”, pontua.

O gestor rio-clarense complementou sobre a potencialidade geográfica da via para o desenvolvimento socioeconômico entre os municípios, bem como reafirmou seu compromisso para a recuperação da MT-010.

“Articulamos conjuntamente com os representantes do Estado sobre a trafegabilidade, a logística e a relevância viária para o progresso financeiro e social dos municípios envolvidos. A interligação com uma estrutura mais adequada acarretará em uma mobilidade mais fluida, o que poderá influenciar na economia regional e ampliar os investimentos nos variados segmentos”, finaliza o prefeito Lachovicz.

fonte: http://www.saojosedorioclaro.mt.gov.br/


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo