São José do Rio Claro (MT), 28 de outubro de 2020 - 22:26

? ºC São José do Rio Claro - MT

Policial

JAD LARANJEIRA / MIDIA NEWS 20/02/2020 12:21

PM vê elo entre chacina e assassinato de chefe do Novo Cangaço

A chacina que deixou cinco mortos na noite desta quarta-feira (19), em Nobres (121 km de Cuiabá), pode ter sido vingança pelo assassinato do líder de uma quadrilha de assalto a banco executado em janeiro deste ano.

A informação sobre a possível ligação entre os dois crimes foi feita pelo coronel Marcos Sovinski, comandante da PM em Várzea Grande, que também atua em Nobres. No entanto, a possibilidade ainda será investigada pela Polícia Civil.

 Lindomar Alves de Almeida, conhecido como "Nenezão", foi assassinado a tiros no dia 3 de janeiro. Ele estava com um empresário da cidade em uma caminhonete Hilux, quando um carro branco parou atrás e dois atiradores encapuzados desceram e atiraram.

O assaltante, que era considerado chefe da modalidade de roubo "Novo Cangaço", morreu na hora. Já o empresário foi socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.
  Em outubro de 2019, Lindomar havia sido condenado a 10 anos e três meses de prisão, em regime fechado, além de 16 dias multas. A decisão foi da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso e refere-se ao roubo do Banco do Brasil em Paranatinga (a 373 km de Cuiabá), ocorrido em julho de 2011, em uma ação com reféns. Na ocasião, foram levados mais de R$ 1 milhão.

 O assaltante já havia sido condenado pelos fatos em julho do ano passado. A condenação, porém, foi anulada em agosto pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou um novo julgamento.

 

Divulgação

chacina

Vítimas foram encontradas dentro de residência, em Nobres

Vítimas identificadas

 As vítimas da chacina foram identificadas como Daniel dos Santos Costa, de 24 anos, Cláudio Rogério Pinto do Nascimento, 19 J.P.C., 17 Weliton da Silva, 23 e Thiago dos Santos Siqueira, 20.

 Todos estavam dentro de uma residência no Bairro Cohab Pôr do Sol, quando os executores invadiram o local, por volta das 21h.

 Quando os policiais chegaram, três das vítimas estavam caídas no quintal da casa e as outras duas estavam em quartos da residência.

 Segundo a PM, todos foram atingidos por tiros de pistola calibre 380. Dois homens chegaram a ser socorridos com vida, mas não resistiram e morrendo pouco tempo depois. Nenhum suspeito de cometer os homicídios foi identificado ou preso até o momento.


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo