São José do Rio Claro (MT), 03 de dezembro de 2021 - 03:17

? ºC São José do Rio Claro - MT

Nova Maringá

07/11/2021 23:13

Laudo da perícia aponta "hímen intacto" em menor que denunciou fazendeiro por estupro em Nova Maringá-MT

Laudo da Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) aponta que a menor de 14 anos que denunciou o ex-patrão da família, um fazendeiro de Nova Maringá (400 km ao médio-norte de Cuiabá), pelo crime de estupro, está com o hímen intacto.

Ou seja, foi comprovado que não houve penetração. A denúncia foi feita em julho deste ano à Polícia Civil. Na época, reportagem chegou a divulgar informações sobre o caso, onde a vítima narrou que sofria violência sexual há pelo menos um ano.

Segundo ela, os crimes ocorriam desde que ela tinha 13 anos e que era obrigada a manter relação sexual com o suspeito. Polícia entrou no caso e solicitou os exames de perícia.

Presença de hímen íntegro

Nos resultados do exame, os peritos destacaram que a presença do hímen permite afirmar que 'não houve conjunção carnal recente ou não recente'.

Além disso, não foram encontrados vestígios que apontasse para violência sexual, apesar da dificuldade de expressão verbal o relato da vítima ser acreditável.

Perícia informa ainda que há vários tipos de atos que configuram o crime de estupro, com beijos, carícias, felação e 'bolinações'.

Atos esses que "não deixam marcas além da possibilidade de coito interfemural ou coito vestibular que não podem ser descartados e não permitem confirmação pela perícia atual".


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo